Outono: cuidados para evitar doenças típicas da estação

Compartilhe:

Março é marcado pelo início do Outono e com ele as mudanças de clima. Os cuidados com a saúde não podem ser deixados de lado nesse momento, pois o tempo mais frio vem acompanhado da baixa umidade do ar, facilitando o aparecimento de doenças respiratórias. Os maiores afetados são as crianças, os idosos e pessoas portadoras de doenças crônicas.

Dra. Carolina Tófolis, infectologista no hospital Santa Clara, explica um pouco de como a transição das estações podem acarretar doenças. “Essa mudança na estação acaba gerando um desconforto que é muito sentido pelo corpo, ele nem sempre está preparado para alterações tão rápidas.” enfatizou.

Esse também pode ser um momento de confusão entre gripes e resfriados, pois apresentam sintomas semelhantes, mas são provocados por vírus diferentes. “A gripe é uma doença que necessita de mais cuidados e atenção, ela pode se manifestar por febre, dores no corpo, tosse e faltar de ar. Já o resfriado dura no máximo três dias, não apresenta muitos sintomas agressivos e é de fácil tratamento. Para a gripe é preciso acompanhamento médico e até uso associado de antibióticos” esclareceu a infectologista.

Mas, sim, existem ótimas e simples prevenções para reduzir o aparecimento de doenças respiratórias. São cuidados básicos e diários, assim explica Dra. Carolina. “A Hidratação é a chave de tudo, esse é o primeiro passo para ter uma saúde rica em bem-estar e livre de doenças. Evite lugares totalmente fechados, pois nesses locais os vírus tendem a ter uma proliferação mais intensificada. Lave bem às mãos no decorrer do dia e após ir ao banheiro, as síndromes gripais são facilmente distribuídas pelo contato. Por fim e não menos importante, a alimentação precisa ser balanceada e rica em alimentos com poder nutricional alto,” finalizou.


Compartilhe: