A presidente da Câmara de BH, Nely Aquino (PRTB), será recebida pelo vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, nesta quinta-feira (10/1). A reunião ocorre às 15h, no Palácio do Planalto, em Brasília. Mourão e Nely são correligionários e o convite foi apresentado pelo presidente nacional do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Levy Fidelix, que também estará presente no encontro. Além de tratar do problema da violência contra a mulher, a vereadora vai discutir outras questões importantes para o desenvolvimento da capital, como as perspectivas para a ampliação do metrô e a busca de soluções para o Anel Rodoviário, via urbana onde são registradas a maior parte dos acidentes com vítima na capital.

Nely Aquino vai ser a primeira parlamentar a ser recebida por Hamilton Mourão depois que ele assumiu a vice-presidência da República. Na reunião, ela pretende colocar em pauta demandas da capital, entre elas desafios cruciais para qualificar a mobilidade e o transporte urbano. Reivindicação antiga dos belo-horizontinos, o incremento da malha metroviária da capital, mantida com aporte de recursos federais, estará em pauta. Outro assunto a ser debatido será a melhoria da infraestrutura do Anel Rodoviário, via que corta a cidade e na qual são frequentes os engarrafamentos e os acidentes, muitos dos quais com vítimas fatais.

Violência contra a mulher

A promoção dos direitos das mulheres também estará na pauta da reunião com o vice-presidente. A proposta, segundo Nely, é entregar ao General Mourão uma carta aberta, manifesto no qual vai abordar a necessidade de construção de políticas públicas capazes de fazer frente ao avanço da violência machista e dos feminicídios.

Só na primeira semana 2019, de acordo com levantamento realizado pelo portal Uol, pelo menos 12 feminicídios – assassinato de mulheres por sua condição feminina – ocorreram no país, a maioria deles na região Sudeste.

Superintendência de Comunicação Institucional