Uberlândia se tornou uma referência quando o assunto é agroindústria. Grande parte desse prestígio se deve a ações desenvolvidas pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Agropecuária, Abastecimento e Distritos (SMAAD), em parceria com instituições. Uma das iniciativas de fomento ao setor é o Programa Leite, que visa o acompanhamento técnico nas propriedades rurais que produzem a matéria-prima.

Ao longo de 2018, as equipes do Município realizaram 103 visitas técnicas em 16 propriedades. Uma ação que contribuiu na melhoria direta de quase 1,3 milhões de litros de leite produzidos. “O nosso foco é incentivar o trabalho dos produtores e, ao mesmo tempo, levar um leite com ainda mais qualidade à mesa da população”, destacou a secretária à frente da pasta, Walkiria Naves.

Imunização

A Prefeitura também contribui para a imunização dos rebanhos, oferecendo, por exemplo, mão de obra para a vacinação contra a brucelose (infecção bacteriana que pode ser transmitida ao homem). Em 2018, o trabalho foi realizado em 211 propriedades e contabilizou com a aplicação de doses de quase 780 bezerras.

Agentes municipais avaliam, ainda, a presença da doença neosporose, que gera infertilidade e abortos em vacas e causa grandes prejuízos na bovinocultura leiteira. Em parceria com a Universidade Federal de Uberlândia (UFU), a SMAAD passou por 43 propriedades e realizou exames em mais de 800 animais. O resultado dos laudos individuais foi repassado aos produtores com orientações sobre o descarte adequado dos bovinos acometidos, além de medidas de controle da doença.

Cursos e capacitações

Nos últimos meses, 60 produtores rurais puderam ampliar seus conhecimentos por meio de treinamentos gratuitos promovidos em parceria com o Sindicato Rural de Uberlândia, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater). Em maio do ano passado, foi realizado o Curso de Boas Práticas de Fabricação na Agricultura Familiar e em outubro aconteceu o Curso de Boas Práticas de Ordenha.

Assessoria