Compartilhe:

O crescimento sustentável de uma cidade perpassa também por iniciativas de incentivo à cultura e entretenimento. É com este entendimento que o prefeito Odelmo Leão assinou, na tarde desta sexta-feira (28), em solenidade no Centro Administrativo Municipal, duas ordens de serviço que vão beneficiar a cidade com a manutenção e transformação de equipamentos públicos. Trata-se da reforma do Centro Municipal de Cultura (antigo Fórum) e da reforma do lago que dá acesso à área externa do Teatro Municipal.

“Nós olhamos com carinho para esses espaços, pois eles são da comunidade. É por isso que temos oportunizado várias ações que contribuem com o lazer e a produção cultural da nossa população, inclusive trazendo qualidade aos prédios que abrigam essas manifestações artísticas e que precisam de cuidados”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

Centro Municipal de Cultura

Orçada em R$919.003,99, o início da transformação da antiga sede do Fórum em um Centro Municipal de Cultura ficou sob responsabilidade da construtora licitatada Martins Medeiros. O prédio, tombado como patrimônio histórico, receberá reformulação do layout interno, tendo a arquitetura externa preservada. “É um espaço que vai mudar o centro da cidade, transformar a dureza e frieza de um prédio que por tantos anos serviu como palco de julgamentos, de transformação de vidas para o bem e para o mal, em uma fonte de irradiação de cultura, lazer e educação”, ressaltou a Secretária Municipal de Cultura, Mônica Debs Diniz.

O projeto compreende diversas intervenções, como a troca do piso, novas instalações elétricas, divisórias de gesso, entre outras. O piso subterrâneo irá receber vários equipamentos, como o cineteatro Nininha Rocha (na sala onde eram realizados os julgamentos), a Banda Municipal e a Galeria de Arte Iolanda Lima.

O primeiro piso vai dividir espaço com o arquivo do Fórum, que continua no local. Neste andar, será instalada a parte administrativa do gabinete da Secretaria Municipal de Cultura, duas galerias e cinco salas de memórias.
A área externa será dividida em “Espaço Pena Branca e Xavantinho” e “Espaço Charqueado”, que receberão intervenções artísticas que prometem trazer cor e vida ao cenário, lazer para toda a família, bem como eventos e feiras.
Além disso, o primeiro piso irá comportar a Biblioteca Municipal em um novo conceito. Com isso, a reserva técnica do Museu Anexo migrará para o atual prédio da biblioteca, gerando uma economia de R$80 mil em aluguel por ano ao município.

Melhorias no Teatro Municipal

Depois de quase sete anos da inauguração e passar por diversas melhorias e reparos, o Teatro Municipal de Uberlândia receberá o serviços de impermeabilização do lago do Teatro Municipal, para proteção do espaço interno do teatro e melhor funcionamento dos sprinters (dispositivos de prevenção a incêndio). Com a ordem de serviço assinada nessa tarde, o reparo está orçado em R$182,6 mil e será executado pela empresa licitada Triângulo Mineiro Engenharia.

Assessoria

Deixe seu Comentário! (Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site).

Compartilhe: