Compartilhe:

Na noite desta quarta-feira 3, em Uberlândia, A Polícia militar compareceu na Avenida Rio Branco e foi relatado que uma vítima adentrou ao estabelecimento denominado “Armazém Ipiranga”, correndo e tentou se esconder em meio as prateleiras, logo em seguida adentrou também três suspeitos e agrediram a vítima com socos e pontapés e até utilizaram um objeto de madeira “bastão” que posteriormente foi encontrado quebrado em 02 partes, também foi recolhido 01 corrente de pescoço em material metálico que fora partido em 02 partes.

Os suspeitos insistiram violentamente nas agressões e evadiram do local, somente quando a vítima entrou em estado de inconsciência. A motivação da prática delituosa também não foi mencionada, porém tanto a genitora da vítima quanto o proprietário do estabelecimento relatou que a vítima estava envolvido com diversos crimes contra o patrimônio e envolvimento com drogas ilícitas.

O Corpo de Bombeiros socorreu a vítima e a encaminhou ao Hospital da UFU onde deu entrada em estado grave e foi mantida sedada, entubada e aguardando a tomografia. Não foi atualizado o boletim do estado de saúde da vítima.

Compareceu também a perita, a qual realizou os procedimentos de praxe e posteriormente liberou o local.
Até o momento nenhum suspeito foi reconhecido ou preso.

Deixe seu Comentário! (Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site).

Compartilhe: