Compartilhe:

Na manhã desta quinta-feira 10/10, entre Delta e Uberaba, no pedágio da Rodovia BR 050, inteligências de segurança pública da Polícia Militar e Polícia Civil de Minas Gerais, realizaram uma operação conjunta e apreenderam entorpecentes, armas e prenderam vários suspeitos.

Ações de inteligência têm sido desencadeadas pelas agências das polícias Militar e Civil da 5ª RISP a fim de coibir o tráfico de drogas em Uberaba e região e promover a sensação de segurança à população local.

Trabalhos realizados durante 5 meses apontaram que suspeitos de Uberaba estariam fazendo o transporte de drogas e armas de fogo para Uberaba e região. Após uma sistemática operação dos agentes das duas forças de segurança pública, os dois suspeitos, sendo um de 39 anos e outro de 18 anos, foram abordados no veículo VW/FOX, cor prata, enquanto acessavam o pedágio entre as cidades de Delta e Uberaba. Foram localizados uma quantidade de crack e R$32.000,00 em espécie sobre os bancos do carro. Foi descoberto que o carro era dotado de um compartimento especial para realizar a guarda e transporte de drogas e outros materiais. Neste compartimento foi localizada uma maior quantidade de crack. Ao todo, no veículo, foram encontrados 16,9 kg de crack.

Diligências prosseguiram em locais dentro de Uberaba e na casa de um dos presos, no bairro Jardim Califórnia, foram localizados 48 kg de maconha, 6,4 kg de cocaína, duas pistolas Glock, um dispositivo para transformar pistola em metralhadora, aproximadamente 450 munições calibres 9mm, .40, .45, .38, carregadores para pistolas, cadernos com anotações da contabilidade do tráfico de drogas, balança de precisão e outros materiais. No imóvel foi encontrado um compartimento especial para acondicionar grandes quantidades de entorpecente, inferindo que os suspeitos podem estar fazendo a distribuição de entorpecentes em Uberaba.

Os presos suspeitos, alegaram que buscaram o carro em uma cidade do interior de São Paulo e viriam para Uberaba.
As investigações prosseguem para prender mais envolvidos no crime de tráfico de drogas.

Imagem PMMG

Deixe seu Comentário! (Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site).

Compartilhe: