O mês de julho começa com a agenda movimentada na programação do Circuito Independente de Teatro de Uberlândia – CITU. No próximo final de semana, dias 06 e 07 de julho, às 20 horas e 19 horas, respectivamente, a Escola Livre do Grupontapé receberá o espetáculo “Nempalavras Nemcoisas (Um Rio) da companhia teatral Parientes do Mar.

Com a faixa etária permitida a partir dos 12 anos, o público poderá conferir a apresentação cênica, cuja duração é de 60 minutos.

O espetáculo

Através de uma narrativa não-linear uma atriz e um ator navegam por um rio sensorial de imagens e sons desandando o caminho revés de uma relação amorosa. “Nempalavras Nemcoisas” é um esboço sobre o amor ou o que fica deste na ausência daqueles. Não é uma história, é uma desconstrução que deixa exposta a solidão de um discurso vazio. Um casal navega num rio mecânico de automatismos, padrões e reincidências. Fragmentos de amor que padecem naufrágios permanentes. Nadar é imprescindível para evitar o afogamento desses corpos que se tornaram objetos por onde circula aquilo que flui. A água sabe que é rio quando se encontra entre duas margens, as palavras criam inimigos para que logo as coisas os matem. Nem palavras Nem coisas: um disparo de humor, sarcasmo e ironia aos ventrículos do seu peito.

O grupo

Parientes do Mar nasceu em 2015 com o impulso de investigar, reflexionar e produzir Teatro. Seu primeiro projeto “Nempalavras Nemcoisas (Um rio)” foi selecionado pelo IBERESCENA para a Coprodução de Espetáculos de Teatro e Dança Ibero-americanos. Também obteve estímulo do Fundo Municipal das Artes de Tigre (Buenos Aires). Conta com o apoio da Universidade Nacional de San Martin (Argentina) e da Universidade Federal de Uberlândia (Brasil).

Em 2016 iniciaram o processo de investigação e montagem desse espetáculo em El Medio, Centro de Arte e Cultura localizado nas serras de San Luis (Argentina) com Hernesto Mussano, fundador desse espaço. Em dezembro do mesmo ano, estrearam no Teatro Tornavía da UNSAM e em janeiro de 2017 na Escola Livre do Grupontapé de Teatro, em Uberlândia. Nesse mesmo ano, o grupo se apresentou no Festival Internacional de Teatro de Molina de Segura, e em Barcelona, Espanha. Durante dezembro e janeiro (2017/2018) realizou uma circulação por Buenos Aires e pelo interior da Argentina que contou com o apoio da Secretaria de Cultura do Estado de Minas Gerais, dentro do Programa “Circula Minas”. Em 2018, foi a peça foi contemplada com o Programa Municipal de Incentivo à Cultura da Secretaria de Cultura de Uberlândia com o projeto “Nempalavras Nemcoisas (Um rio) circula pelos bairros”.

Ficha técnica

Intérpretes, ideia e produção geral: Priscilla Bello / Joaquín Tato; Música original e bandoneon: Matías Varela Nori (Violão: Nacho Hilal – Técnico de Gravação: Agustín Dallanegra); Canções: “Barrilete colores” Francisca Alí / “A Carne” (Marcelo Yuka, Ulisses Cappelletti, Seu Jorge) por Elza Soares / “Preciso me encontrar” (Candeia) por Cartola; Desenho e realização de figurino: Luisa Bohórquez / Valeria Dalmon; Desenho e realização de objetos: Sebastián Pérez / Valeria Dalmon Iluminação: Parientes do Mar / Hernesto Mussano; Fotografia: Agustina Tato / Lina Etchesuri; Ilustrações e desenho gráfico: Nicolás Lasalle / Estudio Pulpografía; Assistência criativa: Rafael Lorran Dramaturgia e direção: Hernesto Mussano.

O quê: Espetáculo Nempalavras Nemcoisas (Um rio)
Grupo ou Artista: Parientes do Mar
Datas: 06 e 07/07
Horário: sábado às 20h e domingo às 19h
Local: Teatro da Escola Livre do Grupontapé
Gênero: jovens e adultos / pós- dramático
Duração: 60 minutos
Classificação etária: 12 anos

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.