O Minas Tênis Clube (MG) segue invicto na Superliga Cimed feminina de vôlei 18/19. Nesta terça-feira (08.01), a equipe mineira passou pelo Fluminense (RJ), fora de casa, por 3 sets a 1 (25/21, 25/11, 25/27 e 25/22), no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ). A partida foi válida pela quinta rodada do turno da competição.

O time de Belo Horizonte (MG) segue em segundo lugar na classificação geral, com 25 pontos e nove vitórias. O Fluminense aparece na sexta posição, com 16 pontos (cinco vitórias e cinco derrotas). O Dentil/Praia Clube (MG), que hoje venceu o Sesi Vôlei Bauru (SP) por 3 sets a 1, é o líder, com 27 pontos (nove resultados positivos e um negativo), mas tem um jogo a mais do que o rival mineiro.

A central Mayany, do Minas Tênis Clube, brilhou no confronto e ficou com o Troféu VivaVôlei. A atacante ainda foi a maior pontuadora da partida, com 18 acertos (8 de ataque, um de saque e nove de bloqueio). A oposta Bruna, com 17 pontos, também se destacou pelas mineiras.

Ao final do confronto, Mayany, de 22 anos, comentou sobre a vitória e falou do bom momento da equipe mineira.

“Foi uma boa vitória e conseguimos mais três pontos que serão importantes para a nossa classificação. Estou muito feliz pela forma que estamos jogando, mas sei que ainda tenho muito para melhorar. Essa temporada tem sido muito especial desde a conquista do Mineiro, depois com a disputa do Mundial e agora estamos focadas na Superliga. Espero ainda conquistar muitas vitórias com esse grupo”, disse Mayany.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima sexta-feira (11.01). O Fluminense (RJ) jogará com o Sesi Vôlei Bauru (SP), às 20h, no Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ). Já o Minas Tênis Clube (MG) terá pela frente o Curitiba Vôlei (PR), às 21h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).

Outros resultados da noite

A noite foi mesmo dos times visitantes. O atual líder da Superliga Cimed feminina, Dentil/Praia Clube (MG), jogou fora de casa e virou o jogo contra o Sesi Vôlei Bauru (SP) para conseguir a vitória. No ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), a equipe mineira venceu por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 23/25, 25/22, 25/17 e 25/19. A ponteira Fernanda Garay foi eleita a melhor da partida e foi premiada com o Troféu VivaVôlei. Já a italiana Diouf saiu de quadra como a maior pontuadora com a marca de 24 acertos (19 de ataque, dois de saque e três de bloqueio).

Outro visitante com resultado positivo foi o Sesc RJ, que levou a melhor sobre o Balneário Camboriú (SC). O time dirigido pelo técnico Bernardinho fez 3 sets a 0 sobre as donas da casa (25/19, 25/22 e 25/17), com destaque para a levantadora Roberta, eleita a melhor do jogo e, por isso, premiada com o Troféu VivaVôlei. A ponteira Peña, do time carioca, e a oposta Ivna, do Balneário Camboriú, foram as maiores pontuadoras da partida, com 15 pontos cada uma.

O Osasco Audax (SP) também jogou nos domínios do adversário e venceu o Curitiba Vôlei (PR) sem perder nenhum set: 25/20, 25/20 e 25/22. A oposta Hooker brilhou nesta noite. A norte-americana foi escolhida pela comissão técnica do seu time a melhor da partida e recebeu o Troféu VivaVôlei, e ainda foi quem mais pontuou no jogo, com o total de 18 acertos, sendo 15 de ataque e três de bloqueio.

E o Hinode Barueri (SP) foi superior ao BRB/Brasília Vôlei (DF) mesmo atuando no ginásio do Sesi Taguatinga, em Brasília (DF). A equipe do técnico José Roberto Guimarães fez 3 a 0 (25/23, 25/19 e 25/19) em noite de grande desempenho da polonesa Skowronska. A oposta recebeu o Troféu VivaVôlei após ser eleita a melhor em quadra e também saiu como uma das maiores pontuadoras ao lado de Renatinha e Natália, do time candango, com 16 pontos cada uma.

O JOGO

O Minas Tênis Clube começou melhor e fez 6/4. Numa bola rápida da central Mayany, o time mineiro manteve a vantagem no placar (8/7). Com volume de jogo, as mineiras abriram três pontos (12/9). Bem no bloqueio e no saque, as visitantes fizeram 14/10 e o treinador Hylmer pediu tempo. Mesmo com a paralisação, as mineiras seguiram melhores e a vantagem chegou a sete pontos (18/11). O Fluminense cresceu de produção no final da parcial e a diferença no placar caiu para três pontos (21/18). O Minas Tênis Clube segurou a reação e venceu o primeiro set por 25/21.

O Minas Tênis Clube seguiu melhor no início do segundo set e fez 8/3. Bem no bloqueio, o time mineiro aumentou a diferença no placar para oito pontos (12/4). Se aproveitando dos erros das donas da casa, as mineiras fizeram 21/8. A oposta Bruna fez um ponto de ataque e as mineiras se aproximaram da vitória no set (23/9). O time mineiro foi melhor até o final e venceu o segundo set por 25/11.

O time mineiro fez os dois primeiros pontos do terceiro set. Com uma boa sequência de saques da central Larissa, o Fluminense virou a parcial e abriu quatro pontos (7/3). O time mineiro cresceu de produção e encostou no marcador (13/11). Neste momento, as donas da casa voltaram a sacar com eficiência e diferença no placar subiu para quatro (16/12). Quando as donas da casa fizeram 18/13, o treinador Stefano Lavarini pediu tempo. O Minas Tênis Clube conseguiu uma grande reação, mas o Fluminense segurou a pressão mineira e venceu o set por 27/25.

O Minas Tênis Clube voltou melhor para o quarto set e fez 7/4. Depois de um ponto de bloqueio, as visitantes aumentaram a vantagem para cinco pontos (12/7). Neste momento, o treinador Hylmer voltou a parar o jogo. O time carioca buscou o placar no final da parcial, mas o Minas Tênis Clube segurou a vantagem e fechou o set por 25/22 e o jogo por 3 sets a 1.

Equipes:

Fluminense: Giovana, Joycinha, Pri Daroit, Thaisinha, Letícia Hage e Lara. Líbero – Sassá
Entraram – Arianne, Jú Carrijo, Carla, Larissa, Teny,
Técnico – Hylmer

Minas Tênis Clube – Macris, Bruna, Gabi, Lana, Carol Gattaz e Mayany. Líbero – Léia
Entraram – Geórgia, Malu, Bruninha, Natália e Mara
Técnico – Stefano Lavarini

SUPERLIGA CIMED FEMININA 18/19

Quinta rodada do turno

30.11 (SEXTA-FEIRA) – BRB/Brasília Vôlei (DF) 3 x 1 Balneário Camboriú (SC), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) (25/17, 23/25, 27/25 e 25/22)

30.11 (SEXTA-FEIRA) – Curitiba Vôlei (PR) 3 x 1 São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 20h, na Univ. Positivo, em Curitiba (PR) – Canal Vôlei Brasil (25/21, 20/25, 25/17 e 25/22)

30.11 (SEXTA-FEIRA) – Pinheiros (SP) 2 x 3 Sesc RJ, às 20h, no Henrique Vollaboin, em São Paulo (SP) (21/25, 25/17, 27/25, 18/25 e 14/16)

30.11 (SEXTA-FEIRA) – Hinode Barueri (SP) 2 x 3 Osasco-Audax (SP), às 21h30, no José Correa, em Barueri (SP) – SporTV 2 (23/25, 27/25, 26/28, 25/18 e 11/15)

08.01 (TERÇA-FEIRA) – Sesi Vôlei Bauru (SP) 1 x 3 Dentil/Praia Clube (MG), às 19h30, no Panela de Pressão, em Bauru (SP) (25/23, 22/25, 17/25 e 19/25)

08.01 (TERÇA-FEIRA) – Fluminense (RJ) 1 x 3 Minas Tênis Clube (MG), às 19h30, no Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) – SporTV 2 (21/25, 11/25, 27/25 e 22/25)

Assessoria