Homem leva facada e tiros e é morto em Uberlândia

Compartilhe:

Na tarde desta terça-feira 24/03, em Uberlândia, a Polícia Militar, foi acionada na Rua Dalela tannus, bairro Alvorada, e registrou um homicídio.

Segundo relato de uma mulher de 28 anos, estava no interior da residência de um homem de 52 anos, momento em que chegaram dois suspeitos, um de 18 anos e o outro 24 anos, os quais disseram para o homem, que não era para ele aceitar a cunhada do suspeito de 18 anos frequentar sua residência, pois ela estava entregando as ações delituosas praticadas por eles para os policiais.

Em seguida, os dois suspeitos saíram do local e aproximadamente quarenta minutos, retornaram e adentraram pelos fundos da casa, sendo que o suspeito de 18 anos estava de posse de uma arma de fogo, a qual a vítima de 28 anos não soube precisar qual era, e o outro suspeito armado com uma faca. O suspeito de 24 anos, desferiu uma facada no peito da vítima de 52 anos, o qual estava deitado no sofá, e em seguida, o suspeito de 18 anos, efetuou alguns disparos, sendo que ele evadiu para os fundos da residência, por um corredor que dá acesso à rua do fundo. A vítima não resistiu aos ferimentos vindo a cair ao solo.

Em seguida a vítima de 25 anos, relatou ainda, que devido aos suspeitos terem chegado com seus rostos descobertos, o suspeito de 18 anos por receio dela entregar-lhes, veio efetuar vários disparos contra ela. Porém, o outro suspeito sendo seu amigo de vários anos, tentou impedir a ação, nesse momento mesmo alvejada, ela conseguiu correr para o meio da rua atrás de socorro. Devido a atitude do suspeito de 24 anos, no sentido de proteger a vítima baleada, este por sua vez não satisfeito, efetuou vários disparos contra o outro comparsa, afim de matá-lo.

A guarnição militar foi acionada, e ao chegar deparou com baleado pelo seu comparsa um dos suspeitos deitado em um colchão na sala todo ensanguentado. Sendo socorrido de imediato para ter atendimento médico, e pelo fato de estar inconsciente não foi possível apresenta-lo junto à delegacia de polícia civil. A outra vítima baleada, foi também foi socorrida, onde após ser atendida pelos médicos plantonistas foi transferida para o Hospital Renascer, devido à gravidade dos ferimentos.

Em diligências para localizar o suspeito foi iniciado intensos rastreamentos. O suspeito foi localizado e relatou a PM que durante todo tempo se encontrava na residência de sua cunhada, inclusive no momento da tentativa do homicídio. A testemunha (sua cunhada), relatou que a versão do suspeito é inverídica, que ele chegou em sua residência, somente após ter acontecido o fato.

A arma de fogo utilizada pelo suspeito não foi localizado. A arma branca (faca) foi apreendia pela perita, a qual fez o serviço de praxe e liberou o corpo da vítima.


Compartilhe:

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.